It’s On Surf Ranch

de Carol Marques

Surf Ranch é diferente de qualquer outra etapa do Dream Tour. Não só por trazer as mais perfeitas ondas localizadas a 160 quilômetros do litoral, mas também por ser a única competição no formato de tabela de classificação. Então o que você precisa saber sobre o Jeep Surf Ranch Pro?

Localização e clima

O circuito mundial chega no interior dos Estados Unidos, mais precisamente em Lemoore na Califórnia. Em pleno semiárido americano, a janela começa hoje, dia 18, e termina nesse próximo domingo e  promete fortes emoções rumo ao Finals 2021 da WSL.

A onda e como funciona a etapa

A piscina foi idealizada pelo onze vezes campeão mundial Kelly Slater, junto com o também surfista e cientista Adam Fincham, da Universidade do Sul da Califórnia. O resultado dessa parceria foi a criação da mais perfeita onda de 40 segundos com duas sessões de tubo e mais duas outras sessões onde é possível trabalhar a ondulação. Mas como funciona essa etapa?

Na primeira fase do masculino, os 36 surfistas são divididos em 6 baterias de 6 homens. Cada atleta tem o direito de surfar 4 ondas sendo duas esquerdas e outras duas direitas somando a melhor nota de uma esquerda e uma direita. Já no segundo round os dois primeiros colocados de cada bateria e os outros 12 surfistas consecutivos do ranking, entram na água para surfar mais uma esquerda e outra direita e assim, melhorar sua pontuação para avançar para o próximo round.

Para a próxima fase classificam os oito melhores surfistas que terão sua pontuação zerada e poderão surfar mais uma esquerda e uma direita na piscina. Os dois primeiros colocados avançam para a grande final e vence aquele que melhor pontuar uma esquerda e uma direita.

Rato-canguru-de-Fresno

Lemoore é conhecida pela sua base naval e também pelas suas raízes agrícolas. Nesse “It’s On” reservamos um espaço para falarmos sobre um importante roedor endêmico da região e que vem sendo ameaçado pela perda de habitat causado pela expansão da agricultura.

rato-canguru-de-Fresno (Dipodomys nitratoides) foi descoberto em 1894 e são bem peculiares por usarem seus membros traseiros para pular como os cangurus. Se alimentam, principalmente, de sementes e podem armazená-las nas bochechas para comê-las posteriormente.

Um fato super curioso e que tornou essa espécie famosa é que eles não bebem água, apenas a extraem dos alimentos consumidos. Essa adaptação é super importante para o sucesso desses animais em ambientes secos. Lembrando que os roedores são responsáveis por dispersar sementes e também por servirem de alimento para inúmeros predadores, mantendo a saúde dos ecossistemas em que eles fazem parte.

Curiosidades

  • Com fila de espera de até quatro meses, um surfista pode desembolsar cerca de R$36 mil para aproveitar uma das ondas artificiais mais perfeitas do planeta;
  • A piscina do Kelly não foi a única a sediar um campeonato de surfe. Em 1985 no parque Wildwater Kingdom, em Alletown, Tom Carroll derrotou Derek Ho ainda pela ASP. O evento atraiu mais de 70 atletas, incluindo os 25 dos 30 melhores surfistas do mundo, competindo por mais de US$25.000 em prêmios.

Temos Gabriel Medina defendendo a liderança e também o título do Surf Ranch, Filipe Toledo quebrando no freesurf e Italo Ferreira dominando as esquerdas da piscina. Então você já sabe, fantasy verde e amarelo e até a próxima etapa

 

Referências:

https://ecos.fws.gov/ecp/species/5150

https://veja.abril.com.br/noticias-sobre/kelly-slater/

https://www.worldsurfleague.com/posts/474624/freshwater-strategy-slater-medina-moore-talk-how-to-win-at-the-surf-ranch

https://if15.com.br/noticias/competicoes/wsl/kelly-slater-esta-de-volta-no-surf-ranch/

Você pode gostar

Deixar um comentário