It’s On Narraben

de Carol Marques

Aterrizamos hoje em Narrabeen; a segunda etapa da perna australiana. Marcada pela volta do tricampeão mundial Mick Fanning como wildcard, North Narrabeen foi escolhida por ostentar história e paixão pelo surfe profissional. It’s On!

Foto: WSL/Matt Bunbar

Se Newcastle é casa do percursor das pranchas biquilhas, Narrabeen não poderia ficar de fora como também guardiã da história do surfe. As esquerdas de North Narrabeen são berço do criador das triquilhas, Simon Anderson e de outras histórias bem curiosas…

Como todo pico de surfe australiano, as principais praias foram ocupadas pelos amantes do esporte após a instalação de clubes de guarda vidas. Após a chegada das pranchas de Malibu, em 1956, Narrabeen começou a produzir os melhores surfistas do mundo, como: Bob Pike, Nat Young, Terry Fitzgerald, Simon Anderson e Col Smith.

De 1974 até 1999 Narrabeen permaneceu como a competição de surfe mais rica do mundo, principalmente depois do Coca Cola Surfabout, que além do prêmio ambicioso introduziu ideias competitivas que permaneceram no circuito até hoje. O que alguns jornais locais relatam é que o clima dos campeonatos transmitidos ao vivo nos canais abertos australianos atraiu vários jovens para o esporte, tornando-o uma paixão nacional e ainda mais local.

Localização e melhores picos

Também localizada no estado de Nova Gales do Sul, Narrabeen fica ao norte da cidade de Sidney e é delimitada em seu extremo sul por Colloroy Beach e ao norte por Long Reef, uma importante reserva marinha.

24 quilômetros separam Newcastle de Narrabeen, então o clima e a temperatura da água se assemelham bastante. Narrabeen se diferencia em ondas, já que predominam as melhores esquerdas de alta performance, com três principais picos:

Link:Surf Culture: North Narrabeen BoardRiders Club ” Surf Brotando do Chão “, Austrália (wwwsurfculture-zitorob.blogspot.com)
  • North Narrabeen: essa é a praia sede do Rip Curl Narrabeen Classic que desde o Campeonato Mundial Junior, a mais de uma década, não entrava para o calendário da WSL. Nesse pico são raros os dias sem boas ondas ao longo de toda a sua extensão, desde Long Reef até a lagoa de Narrabeen.

Melhor direção de swell: NE/E

Vento: NE/NW

Tamanho ideal: 3 a 5 pés, suportando até 8 pés

Nível de experiência: avançado

Tipo: beach break

  • Turimetta Beach: conhecida como Little Narrabeen, é uma pequena praia de 350 metros de comprimento bem popular entre os locais.
  • Warriewood Beach: um dos picos favoritos entre os locais em boas condições, então aqui já podemos imaginar; respect the locals!

Long Reef e o dragão-marinho-folhado

Declarada em 1980, a reserva de Long Reef é um importante “museu vivo” para a pesquisa científica e para a proteção de toda a biodiversidade de animais, plantas marinhas e fósseis pré-históricos. Esse também foi um dos motivos que tornou North Narrabeen uma das principais reservas nacionais de surfe, em outubro de 2009.

Como a maioria de vocês decidiu nos nossos stories, hoje vamos falar sobre uma das criaturas mais fantásticas do reino animal encontrada ao longo de Long Reef; o dragão-marinho-folhado.

Foto Canva Pro

Esse mestre da camuflagem (Phycodurus eques) faz jus ao seu nome que vem do grego e significa “pele de algas marinhas”. Pertecente a mesma família dos cavalos-marinhos, eles possuem partes do corpo parecidas com folhas que ao entrarem em movimento se assemelham ao balanço das algas, ou seja, uma excepcioal camuflagem que faz com que suas presas e predadores não os reconheçam como peixe. Aliás, engana os olhos até dos mergulhadores mais experientes.

  • Principais alimentos: zooplâncton, que são organismos que vivem suspensos na água e pequenos crustáceos;
  • São encontrados nas cores amarelo, verde, marrom, roxo e vermelho. Não possuem escamas, já que seu copro é coberto por pequenas placas ósseas;
  • Principais ameaças: por serem animais lentos, que vivem em profundidade entre 3 a 30 metros e dependem da camuflagem, as principais ameaças para essa espécie são a poluição, a pesca comercial, o aquarismo e a decadência das florestas de algas. Outra curiosidade é que diferente dos cavalos-marinhos, o dragão não usa sua cauda para prender-se em dias de tempestades.
  • Comportamento e reprodução: também diferente dos cavalos-marinhos, os dragões machos não possuem uma bolsa para criar seus filhotes. Durante o verão, as fêmeas depositam seus ovos rosas brilhantes na parte inferior da cauda do macho e lá eles ficam até os filhotes emergirem. Sim, são os machos que transportam e cuidam dos ovos!

Lembrando que a camuflagem e as cores tornam o balé dos dragões-marinhos-folhados único. Por toda essa beleza e dificuldade em pesquisa, são animais totalmente protegidos por lei e símbolos do sul da Austrália.

Foto Canva Pro

Conheça mais alguns animais encontrados em Long Reef

Curiosidades

  • A cidade de Narrabeen se tornou famosa também após ser mencionada na famosa canção dos Beach Boys, conhecida como Surfin’U.S.A;

“Australia’s Narrabeen

All over Manhattan

And down Doheny Way

Everybody’s gone surfin”

Foto Amazon
  • “Narrabeen” é uma palavra aborígena australiana que significa “um lugar de enguias”. Essas ilustres locais são encontradas na lagoa ao sul da cidade e, junto com a exuberância das anêmonas waratah são símbolos importantes para os locais.

O pódio em Newcastle foi verde e amarelo e só nos deixa mais ansiosos para o Narrabeen Classic. Teremos mais um brasileiro campeão? Aguardamos os próximos capítulos e até Margaret River!

Aloha!

Referências:

North Narrabeen Surf – NRS National Surfing Reserves

Why North Narrabeen Remains An Important Piece In The Pro Surfing Puzzle – World Surf League

Narrabeen Head Aquatic Reserve (nsw.gov.au)

Leafy Seadragon, Phycodurus eques (Günther, 1865) – The Australian Museum

Phycodurus eques : Leafy Seadragon | Atlas of Living Australia (ala.org.au)

Josefin Stiller, Nerida G. Wilson, Stephen Donnellan, Greg W. Rouse, The Leafy Seadragon, Phycodurus eques, a Flagship Species with Low But Structured Genetic Variability, Journal of Heredity, Volume 108, Edição 2, 1 de Março de 2017, Páginas 152-162, https://doi.org/10.1093/jhered/esw075

Você pode gostar

3 comentários

Vincent 9 de julho de 2017 - 02:13

Et harum quidem rerum facilis est et expedita distinctio. Nam libero tempore, cum soluta nobis est eligendi optio cumque nihil impedit quo minus id quod maxime placeat facere.

Responder
Vincent 9 de julho de 2017 - 02:14

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil.

Responder
Vincent 9 de julho de 2017 - 02:14

Neque porro quisquam est, qui dolorem ipsum quia dolor sit amet, consectetur, adipisci velit, sed quia non numquam eius modi tempora incidunt ut labore.

Responder

Deixe um comentário para Vincent Cancelar Resposta